Tony Vilella, nascido em 1987, em Porto Alegre /RS e morador de Viamão, cidadezinha do interior da capital, desde pequeno teve contato com arte, devido a influência de sua madrinha, que gostava muito de arte como pintura e artesanatos, o incentivando a desenhar.
Seu primeirro contato com a tatuagem foi em sua adolescência, quando no intuito de ajudar seu amigo que fazia curso de tatuagem, criava alguns desenhos e os dava de presente, quando então, tendo gostado dos desenhos que ele criara, Neco, o professor de seu amigo pediu para conhecê-lo e o incentivou a tatuar.
Aos 18 anos idade, em 2006 se profissionalizou e abriu seu primeiro stúdio, na cidade de Viamão (RS). Por diversos anos levou sua loja para o litoral gaúcho, sempre buscando o aperfeiçoamento.
Com o intuito de adquirir cada vez mais conhecimento e capacitação profissional, buscou em um dos grandes artistas do Sul do País, Verani Fontana, a base do conhecimento, aprimoramento e exemplo profissional, tendo sido seu aprendiz até conquistar uma vaga efetiva em sua loja, o que alavancou sua carreira.
Amante do realismo, sempre estudou a arte clássica em autoditada, buscando nesta as características que componham os seus trabalhos, sendo em simulações de pintura a óleo ou hiper-realismo.
Em 2017 buscou em um dos grandes nomes da arte clássica no Brasil, Paulo Frade, o estudo profissional da escola Italiana, pois enxerga na tatuagem uma maneira de transferir a pintura da tela para a pele, com os mesmos conceitos da arte clássica de luz e sombra, valores tonais e a riqueza dos detalhes.
Atualmente, sendo um dos grandes nomes da tatuagem no Brasil, coleciona além de prêmios das maiores e mais conceituadas convenções já realizada no país, como Tattoo Week São Paulo e Brazilian tattoo convention, vaga de jurado em alguns eventos pelo Brasil e diversas turmas para as quais ministrou workshop.
Atualmente viaja o país ministrando workshop’s para tatuadores profissionais, levando todo o seu conceito, visão e conhecimento, e atendendo a clientes nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre.